Quem Somos

O surgimento do primeiro convention do mundo foi motivado por um artigo do jornalista Milton Carmichael no periódico The Detroit Journal, em 06 de fevereiro de 1896, que questionava a passividade dos empresários locais com relação aos benefícios da vinda de visitantes para a cidade. Interpretado adequadamente, o artigo dizia que os empresários deveriam parar de promover a concorrência predatória entre seus empreendimentos, olhando cada um para seus próprios interesses, e privilegiar uma visão global e estratégica do mercado, atuando de forma coletiva em favor do desenvolvimento econômico da cidade como um todo. Esta atitude, na visão do jornalista, acabaria por beneficiar cada um dos participantes.

 

O pensamento de Carmichael continha o embrião do associativismo no setor de turismo! No fundo, Carmichael promovia as vantagens de se colocar o bem comum acima do bem individual, ou seja, incentivava o associativismo em favor da comunidade. A mensagem subliminar que ele passou, era de que é muito melhor ter um negócio, qualquer que seja e de que tamanho for, numa economia forte, vigorosa, em crescimento, do que lutar para manter uma empresa em funcionamento numa economia estagnada ou em declínio!

 

Resumindo, ajudando a manter a economia aquecida, você estará ajudando o seu próprio negócio. Sustentando uma visão estratégica de qual é o nosso negócio, definindo claramente qual a nossa missão, evita-se não a concorrência, que é necessária e saudável, mas o aparecimento de substitutos, esses sim, capazes de arruinar nossas empresas! Está aí a gênese de todos os CVBx, agir no fomento da economia local de forma a garantir o incremento dos negócios de todos os associados mantenedores e perpetuar suas empresas. Como dizia o mestre Theodore Levitt, “o primeiro negócio de qualquer empresa, é permanecer no negócio!” A visão estratégica de que cabia à comunidade empresarial se unir e não ficar esperando a iniciativa do poder público prevaleceu. A independência financeira e a ausência de qualquer ingerência política são, até hoje, um dos traços mais marcantes dos CVBx em todo o mundo.

 

Os C&VB funcionam como grandes escritórios de publicidade dos destinos onde se encontram, mostrando assim as qualidades da cidade receptora. É uma organização de marketing dos destinos turísticos. Eles são a ligação entre os potenciais visitantes e a empresa que a eles servirá, para que os produtos /serviços a eles relacionados satisfaçam as suas expectativas.

É sinônimo de qualidade e modelo eficiente na promoção do destino turístico.

 

O Poços de Caldas Convention & Visitors Bureau é uma entidade sem fins lucrativos, que promove e valoriza a imagem de Poços como importante destino de turismo de negócios, cultura, gastronomia, esportes, lazer e muitos outros. É uma associação de empresários e profissionais do setor turístico que tem como papel fomentar e gerar negócios. O setor tem se desenvolvido com investimentos da iniciativa privada e vem aperfeiçoando a qualidade dos serviços e a infraestrutura dos estabelecimentos. Os novos hotéis, a gastronomia, o ecoturismo e a modernização do comércio são os fatores- chave para atrair um novo perfil de consumidor que busca qualidade, segurança, modernidade e vida noturna. Novos eventos no calendário da cidade foram criados e outros estão sendo planejados para atender a essa demanda.

O Poços de Caldas Convention & Visitors Bureau apresenta uma lista de associados, como hotéis, restaurantes, lojas, bares, casas noturnas e cafés que atendem aos anseios dessa nova demanda e se dispõe a atuar como facilitador na criação de pacotes turísticos para nosso destino.

Apresenta também uma ampla estrutura hoteleira, centros de convenções, auditórios, ginásios, teatros e estádio para eventos de todos os portes. O Poços C&VB oferece apoio na escolha do melhor da nossa cidade: espaço adequado, profissionais especializados e toda estrutura necessária para atender aos objetivos de um evento de sucesso.

Quais as vantagens para Poços em ter uma organização como o Convention & Visitors Bureau?

– Aumento de eventos realizados na cidade;
– Atendimento qualificado aos eventos;
– Aumento do fluxo de visitantes;
– Processo contínuo de geração de negócios;
– Fortalecimento da cidade na sua organização turística.

Como se mantém?

O Poços C&VB tem duas fontes de arrecadação:

• Mensalidade das empresas associadas;

• A Room tax (ou taxa de turismo), que é uma contribuição voluntária e facultativa existente em todas as cidades do mundo que possuem um Convention Bureau. (Saiba mais sobre a room tax)

Todas as atividades do Poços de Caldas C&VB são realizadas com total transparência garantindo credibilidade aos seus mantenedores e contribuintes.

Redes Sociais

Twitter

Parceiros